Siga o Blog Pelo seu E-MAIL

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

CLEMBUTEROL

Grupo: beta-2 agonista
Nomes comerciais mais comuns: Clembuterol Brontel, Pulmonil Gel (veterinário).
Bom, primeiramente deve-se dizer que o clembuterol não é um esteróide anabolizante. É um broncodilatador (indicado portanto a pacientes asmáticos p/ facilitar a respiração). Alguns estudos e com a utilização há algum tempo com fim estético pode-se concluir que ele tem efeito termogênico, porém com um mecanismo diferente dos demais como efedrina etc. Ele ativa as células marrons (gordurosas porém que ficam adormecidas) e quando isso acontece há a queima das células brancas
(gordura de fato). Outros estudos possibilitaram a conclusão de que além de queimar a gordura o clembuterol possibilita a manutenção da massa muscular  magra e até mesmo o ganho dela. Ou seja, além de queimar gordura o clembuterol ajuda na constituição da massa muscular, além de deixar a pele mais proxima do músculo o que na prática significa definição. O ciclo do clembuterol é um ciclo especifico; o uso aleatório causa o fechamento dos receptores específicos o que impede o efeito da droga. Visualize o ciclo do clembuterol na sessão “Ciclos”. Quanto aos colaterais, os mais frequentes são dores de cabeça, taquicardia (visualiza-se quando as mãos tremem levemente) e câimbras (por isso deve-se ingerir bastante potássio - banana, batata, beterraba)

Uma das desvantagens do uso de clembuterol é o maciço fechamento dos receptores mencionados anteriormente, ou seja, o clembuterol passa a não mais promover os efeitos desejados. Isto ocorre quando o medicamento é utilizado constantemente. Para evitar o fechamento dos receptores utiliza-se o clembuterol 2 dias sim, 2 dias não.
Os efeitos colateriais diferem de pessoa para pessoa, sendo que os mais comuns são dores de cabeça, tremores, taquicardia e agitação. Usualmente os efeitos colaterais desaparecem após duas ou três semanas de uso.
Toda e qualquer substância farmacológica aqui mencionada só deve ser usada através de “prescrição médica” sob o risco de causar sérios danos à saúde ou até a morte. Isto “não sirva” para autoprescrição.
Fonte: Musculação – Anabolismo Total / Professor Waldemar Guimarães

Nenhum comentário:

Postar um comentário